fbpx
A cena é comum: o tutor está passeando com seu cão, a guia arrebenta ou se solta da mão e o cachorro sai correndo para o meio da rua, entre os carros. Geralmente, o tutor corre atrás do cão, que corre mais ainda, loucamente. Deu medo só de imaginar? Pois é… por isso, é nosso dever mantermos nossos pets em segurança, evitando que isso ocorra. Para tanto, existem alguns treinos que podem ajudar a prevenir estes acidentes:
1) Treine seu cão a sentar-se antes de atravessar a rua. SEMPRE.
Nunca atravesse a rua, com seu cão, sem que ele sente-se antes de atravessar. Isso criará condicionamento e a probabilidade de o seu cão atravessar a rua, desvairadamente, cairá.
2) Treine seu cão a não puxar a guia durante os passeios. 
Como fazer isso? Simplesmente pare de andar todas as vezes que ele começar a tracionar. 
Nós concordamos que, durante 1 semana, o passeio será uma tortura para todos, mas é um investimento que valerá a pena, inclusive para dar qualidade aos passeios futuros. 
Tracionou? Parou!
3) Treine o VEM com seu cão.
Leia o texto onde explicamos o treino do “vem”, clicando aqui.
4) Jamais ande com o cão solto na rua, sem guia.  
A guia é um equipamento de segurança e não um equipamento de contenção. Portanto, não abra mão dela!
Cães só aprendem a não ser atropelados depois que sobreviveram a um atropelamento. Entretanto, podemos ensinar nossos cães alguns comandos básicos de controle, para evirtarmos acidentes!

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This