fbpx

Bolsa de mulher cachorrólatra foge à compreensão de qualquer ser humano, normal ou anormal, inclusive das próprias mulheres cachorrólatras. Acabei de me decidir a organizar o conteúdo da minha bolsa, pois não aguentava mais chegar no caixa de qualquer loja e ter que revirá-la para achar o dinheiro, que não estava dentro da carteira. Tirar o que tinha lá dentro, na frente da caixa, JAMAIS! Portanto, enfiava a cara na bolsa e fazia a expedição. Ao verter a bendita sobre a cama entendi porque carregava tanto peso:
– achei a carteira, claro!
– uma câmera digital, devidamente embalada, para fotografar os momentos humanos e caninos inesquecíveis
– canetas; aliás, tinha várias! por que será que nunca acho nenhuma?
– sacos plásticos dobradinhos para catar as necessidades fisiológicas #2 dos meu frenchies na rua
– um saquinho vedado, com a carne do bacon defumado – uso como “isca” para agradar os frenchies quando eles estão aprendendo alguma coisa nova
– contas para pagar
– contas pagas
– batons, claro!
– rímel, claro!
– um grampeador de papel?!?
– uma coleira, tipo enforcador
– muitas notinhas de redeshop que eu sempre juro que vou conferir e nunca confiro
– um carrinho hot wheels do Pedro
– dois apitos do Pedro
– vários outros brinquedos do Pedro
– lixa de unha (essa é dos frenchies nenéns)
– Neosaldina
– estou sentindo falta de uma bolinha de borracha, que foi confiscada das crianças, daquelas que “quica” bastante, que uso para treinar os frenchies… mmmmmmmmm…
– meu celular
– um cortador de unhas de frenchies nenéns
– uma coleira
– um unicórnio de verdade, daqueles com chifre e poderes mágicos ]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This