as mudanças no estilo de vida são determinantes neste processo (alimentação industrializada, ar poluído, cigarro passivo ou ativo, alteração dos padrões de atividade física, acesso ao sol, abuso de medicamentos, etc.) Por incrível que pareça, com relação aos cães, a minha observação é que o diagnóstico da causa da alergia está sendo bastante deixado de lado. A maioria dos cães é tratada aleatoriamente com corticóides, que realmente melhoram a sintomatologia alérgica, mas a origem do problema permanece não discutida. Terão estes cães que tomar corticóide a vida inteira, então? Seu cão é alérgico? Pois então saiba que a CAUSA da alergia deve ser descoberta. O caminho passa por:

  • Diagnóstico diferencial de DAPE (dermatite alérgica a picada de pulgas e ectoparasitas)
  • Diagnóstico diferencial de alergia alimentar. E, ATENÇÃO,  não há como fazer este diagnóstico sem dieta de eliminação! Ração hipoalergênica não é dieta de eliminação!!!
  • Diagnóstico diferencial de atopia
Diagnosticar causas alérgicas é muito difícil, mas lembre-se que é IMPOSSÍVEL diagnosticar a causa da alergia se os três caminhos acima não forem trilhados. Para cães alérgicos não sou muito a favor do tratamento alopático que é apenas sintomático, ou seja, não trata a causa. Minha opção é o tratamento homeopático.
A alergia não escolhe cor de pelagem. Entretanto, no caso dos frenchies, como os fabricantes de filhotes querem obter cães de pelagem clara porque são muito comerciais, o abuso do inbreeding e o abuso de acasalamentos de cães pouco pigmentados os predispõem a dermatopatias severas.
Leia também:

]]>

 

 

Quer entender e organizar, de uma vez por todas, a vida do seu buldoguinho?

 

CLIQUE NA IMAGEM E ADQUIRA OS 3 VOLUMES DO E-BOOK

"MANUAL DO BULDOGUE FRANCÊS" POR APENAS R$ 49,90!

 

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO PARTICIPAR

Quer participar do nosso grupo exclusivo? Cadastre-se gratuitamente!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This