fbpx


Não raro eu recebo alguns formulários bastante intrigantes, de pessoas que se propõem a serem humanos de estimação de nossos filhotes. O mais curioso é que eu me esforço ao MÁXIMO para deixar claro que nossos bebês serão encaminhados apenas a lares selecionados, com contrato de compra e venda contendo clausulas específicas para castração. Além disso, nossos filhotes não são destinados a dogshows, são para o sofá! Mas, mesmo depois de tanto esforço, ainda recebo respostas assim: mensagem_adicional:
Quero um padreador diferenciado para exposicao, nao importando preco.
(ok. R$ 500.000,00 está bom para você?) registro_limitado_justifique:
achu q issu tá errado o cão é como otro ser vivo ele precisa si reproduzir e tá tirano isso deli o extinto.
(fika tranquilu amigu. eu não to tirano issu deli, ele está si reproduzinu aki em ksa) mensagem_adicional:
eu e minha esposa somos médicos, trabalhamos o dia todo, mas estamos em casa à noite e em finais de semana alternados. queremos muito um cãozinho para nos fazer companhia.
(onde? no hospital???) porque_deseja_comprar_um_bulldog_frances:
já crio um macho creme e uma preta-branca e gostaria de acrescentar mais cores em minha criação, pois descobri somente agora estas cores de vermelho, cinza, azul; muito bonito.
(puxa! o rosa pink também é lindo!) registro_limitado_justifique:
nao tenho como afasta-los dos meus outros dois buldogues e pode ocorrer acasalamento.
(camisinha? tabelinha? diu? pílula? não tem nada aí???) mensagem_adicional:
gostaria de um cão que não soltasse pelo, não latisse muito, nem fosse destruidor, fosse manso e amoroso. tem branco?
(bonecas infláveis não falam também!)]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This