fbpx
De todos os relatos de “frenchies pelo mundo” que escutamos, até agora, disparadamente, a Suíça é o paraíso canino na terra! ♥  

Obrigada, Alexander Katz e Naudia Scalena pelos relatos que contribuíram com este post!
Manny, da nossa leitora Naudia Scalena, nas montanhas da Suíca. 
Antes do cão chegar
Quando um cidadão decide ter seu primeiro cão em terras Suíças, o governo exige que, antes da sua chegada, cada tutor faça um curso teórico, que o prepare para a posse responsável – pago pelo próprio tutor. Esse curso envolve a compreensão acerca da importância da procedência do cão, comportamento e saúde. Ao final do curso, é concedida uma licença que autoriza o tutor a adquirir o cão. 
E quando o cão chega em sua nova casa?
Após a chega do cãozinho, deve-se, em um período máximo de 1 ano, frequentar a parte prática do curso iniciado antes da chegada do cão. Esse curso compreende o aprendizado de comandos básicos, comportamento e socialização. 
O cão deve ser registrado junto a Polícia e ao município – a polícia é quem fiscaliza e exige que o curso seja cumprido. 
Além disso, o governo exige o pagamento anual de imposto pelo direito de ter um cão. O valor desse imposto varia para cada região – em Zurique, é pouco mais de 100 francos suíços ( R$ 325,00). O animal deve ter chip de identificação e fazer seguro é obrigatório. O seguro envolve situações de agressões a terceiros (pessoas ou outros animais). 
Planos de saúde existem, mas não são obrigatórios.
A Suíça é um país dog friendly?
A maioria das lojas e restaurantes permite a entrada de cães, exceto supermercados e algumas lojas de eletrodomésticos. Em todos os lugares  de passeio estão disponíveis lixeirinhas com sacolinhas para o recolhimento do cocô. 
É exigida castração dos cães como medida de controle populacional?
Não! Em consulta com médico-veterinário, nossa leitora Naudia nos contou que foi desencorajada a castrar o Manny. Além disso, o vet enfatizou a importância de não fazer a supressão hormonal e indicou a castração apenas em caso de problemas comportamentais.
Como é controlada a reprodução dos cães?
Desencorajam bastante a compra de animais com essas origens:
  • leste europeu, 
  • fábricas de filhotes,  
  • dos criadores que separam precocemente mães e filhotes, 
  • de lojas de filhotes.
Como existe a exigência de pagamento de impostos pela posse de cães, a reprodução de cães de companhia fica limitada a quem pode pagar a alta carga tributária.

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This