fbpx

Nossos filhotes coloridos

“Gostaria de saber da disponibilidade de fêmeas de pelagem branca com marcações tigradas ou douradas”.
Como eu disse no texto A Ditadura das Meninas, além de mocinhas, muitas pessoas querem buldogues franceses brancos. Entretanto, apesar de achar os frenchies brancos fofíssimos, evito o nascimento deles por aqui. Eventualmente, algum pode nascer, mesmo com nosso trabalho de planejamento genético. Afinal, impossível ser onipotente! A razão deste meu cuidado é o seguinte: buldogues franceses são cães originários de países temperados e muito bem adaptados a estes. Em nosso clima tropical, a pele clara dos frenchies fica muito susceptível a problemas dermatológicos e à formação de tickings naqueles cães com predisposição genética. É muito fácil entender a predisposição às doenças de pele nos cães de pele clara e à maior resistência dos cães de pele pigmentada. Basta fazer uma analogia com os indivíduos humanos de etnia caucasiana e negra. Tickings são pigmentações escuras na pele do cão, consideradas desqualificações, segundo o padrão do kennel Clube da Grã Bretanha. Embora o ticking não esteja descrito em outros padrões, é um consenso, entre os criadores, que cães com esta característica não são almejados no programa reprodutivo.
Portanto, a questão da saúde, seguida da estética, são apelos contundentes, na minha opinião! Filhotes brancos que apresentam pai e mãe brancos tendem a ter a pele muito sensível e problemática. Essa sensibilidade diminui quando um dos pais é tigrado ou dourado.

Ticking em um frenchie branco com tigrado
]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This