fbpx

Durante alguns anos utilizamos inseticidas (coleira Scalibor, Frontline, Max3, etc.) para afastar pulgas, carrapatos e mosquitos da leishmaniose dos nossos frenchies – se você fuxicar as postagens antigas, verá isso. Entretanto, hoje em dia, nosso posicionamento é totalmente contrário. Acreditamos que não faz sentido envenenar cronicamente um animal com o objetivo de “protegê-lo”! Esse envenenamento crônico é silencioso, mas afeta – em curto/médio/longo prazo – a imunidade do cão, as funções renais, hepáticas, da tireoide e é um obstáculo à cura

Por isso, utilizamos apenas o neem
“Mas funciona?”
Esta é a primeira pergunta que muitas pessoas fazem quando falamos que usamos um produto natural à base de neem para repelir pulgas, carrapatos e mosquitos!
Bom, vamos lá… o neem é uma planta exótica, nativa da Índia, conhecida milenarmente como “One Tree Pharmacy”, ou seja, “farmácia em uma árvore” – porque possui diversas ações importantes.
Sobre sua ação contra pulgas, carrapatos e mosquitos, o neem age das seguintes maneiras:
1. Inibe a atividade dos neurônios receptores de sensibilidade gustativa da cavidade oral dos insetos, ou seja, faz com que esses insetos não queiram “picar” os nossos animais, por isso é repelente;
2. Caso eles piquem o animal, ocorre uma modificação da fisiologia digestiva do inseto, reduzindo a capacidade alimentar ao longo do tempo, levando o adulto à morte por inanição; 
2. O neem penetra na cutícula dos insetos (ninfas e adultos), inibindo a síntese de quitina. A quitina é a responsável pela rigidez da carapaça. Mas, sem essa proteção, o inseto fica muito susceptível a doenças (fungos e bactérias) e à perda de água, levando à morte por desidratação;
3. O neem que penetrou no inseto causa deformidades, dificultando a locomoção, comunicação sexual e reprodução desses insetos;
4. As fêmeas dos insetos consomem sangue pois precisam de energia para a reprodução e fazer as posturas dos ovos! Com o neem sobre elas, ocorre uma alteração hormonal, fazendo com que a postura seja inibida;
5. O neem fica acumulado no sistema endócrino dos insetos, causando uma barreira cerebral, deixando-os sem saber o que fazer, como comer, pro exemplo;
6. Caso existam ovos e larvas no ambiente, o neem impede que a eclosão dos ovos e causa a morte das larvas muito rapidamente. Por isso, também, no pratinho de água das minhas plantas, borrifo neem;
7. “De quebra”, o neem ainda possui atividade bactericida, fungicida e antiviral. Por isso, é usado com muito sucesso no tratamento de dermatites, tão frequentes nos frenchies.
Quando ocorre infestação de pulgas, 95% delas estão escondidas sob a forma de ovos, larvas, pupas e ninfas. O que vemos são apenas 5%! A utilização do neem é benéfica, porque atua em todo o ciclo de vida das pulgas (ovos, larvas, ninfas e pulga adulta), conforme dissemos acima.
Falando especificamente sobre os mosquitos – que transmitem leishmaniose, verme do coração, dengue, zika, chikungunya, etc. – o neem tem uma ação muito particular: impossibilita os insetos de criar mecanismos de resistência genéticos a seus compostos, portanto não há “insetos resistentes ao neem”. O oposto acontece com os inseticidas químicos (por isso eles estão cada dia mais tóxicos) e já falamos sobre esse assunto no post Uma Aula de Genética.
Inseticidas químicos são venenos (exemplos: ivermectina, fipronil, deltametrina). Venenos são testados em animais; venenos são responsáveis pela diminuição da nossa longevidade e da longevidade dos nossos pets; venenos agridem o meio ambiente.

“Mas com tanto poder, será que faz mal para nossos frenchies?” 

Não! O neem não é tóxico, não agride a saúde do animal ou a nossa saúde, nem o meio ambiente!
E é por tudo que está escrito neste texto que não tenho dúvidas que utilizar o neem é a opção mais acertada para prevenir picadas de pulgas, carrapatos e mosquitos no #BentoLindo! ♥ Todos os dias, de manhã, borrifo a solução de neem em seu pelo. Também borrifo, adicionalmente, todas as vezes que vamos a parques, pracinhas ou outros lugares potencialmente infestados.
Nossa encomenda da Preserva Mundi: Solução diluída de neem, solução concentrada de neem, sabonete à base de neem. Somos fãs!
Receba nossos posts por e-mail: Delivered by FeedBurner
siga-nos: 
]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO PARTICIPAR

Quer participar do nosso grupo exclusivo? Cadastre-se gratuitamente!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This