fbpx

Sobre a vermifugação“: Olá Camilli, eu de novo!
Gostaria de dizer que o teu blog me estimula a pensar melhor nas decisões diante da alimentação, saúde e este lance de ter de seguir sempre um “protocolo” que a gente não sabe bem pq!! Por exemplo, as medicações, vermifugações e vacinações.
Utilizo teu blog pq nele temos o teu depoimento e tb a fonte de onde passaste a estudar a situação.
E vemos claramente pelas fotos dos teus “bolinhas” que o teu método está dando certo.
Mudei muitas coisas, inclusive opiniões sobre tratamentos veterinários, o exemplo que me vem agora na cabeça é o seguinte: li todas postagens sobre vacinação e conclui que para meus cães que moram em apto ( frenchie e labrador) não existe a necessidade real de fazer o reforço da lepto 6 meses após a polivalente.
Me perguntei: Aonde no 15º andar eu conseguiria achar um ratinho contaminado para meu frenchie catar?? Dentre outras decisões… enfim pensar nunca é demais, ainda mais com embasamento científico.
Vermifugo toda minha trupe da seguinte maneira: de 3 em 3 meses dou 3 dias seguidos, 15 dias depois repito os 3 dias seguidos de novo. Então repito 3 meses depois.
O que achou?? Aguardo tua opinião bombástica…. hehehe…
bjk
Cecília –//– Olá Cecília! Tudo bem?
Que saudades dos seus e-mails/postagens com dúvidas crudelíssimas! 🙂 Fiquei muito feliz em saber que o blog está fazendo com que você questione algumas condutas. É isso aí! Particularmente, também, acho pouco provável haver problemas com leptospirose com quem mora em área urbana, no 15º andar de um prédio. A transmissão desta doença se dá pelo contato direto ou indireto com a urina de ratos contaminados. Eu não utilizaria o protocolo de vermifugação que você utiliza.
Não sei qual é o seu vermífugo de escolha, mas a utilização por 3 dias seguidos, dependendo do medicamento, é eficiente no combate à giardíase. Entretanto, não se faz tratamento “preventivo” para giárdia. Trata-se a giardíase apenas quando o cão apresenta sintomas.
Embora muitas pessoas façam a 2ª dose do vermífugo depois de 15 dias da 1ª dose, EU opto por fazê-la depois de 3 semanas, pois a maioria dos vermes possui ciclo que dura 21 dias (período pré-patente). A frequência da vermifugação é varia de acordo com as necessidades individuais! (mais uma vez, que tal “questionar protocolos?”) Se você passeia demais com seus cães em locais frequentados por outros cães, se eles frequentam outros lugares potencialmente contaminados (pet-shops, etc.), se você adora ir com eles na casa daquela tia que nem sabe o que é um vermífugo, se eles vão muito à praia, se viajam muito… acredito que a frequência da vermifugação deve ser maior que de 6/6 meses. Eu mantenho os filhotes vermifugados mensalmente com Milbemax até completarem 1 ano de idade. Vermifugo os adultos a cada 6 meses e/ou depois de alguma situação potencialmente contaminante. Simples assim! :)]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This