fbpx

Você possui um cão de raça pura?
Pois, então, saiba que ele é alvo de bandidos que fazem a revenda de cães para malévolos fabricantes de filhotesque redundância! Ah, muitos fabricantes de filhotes falsificam o pedigree de um cão e ele é utilizado até a completa exaustão física na reprodução, mesmo roubado. Não ter pedigree não é uma limitação para o roubo. Como se prevenir de uma tragédia dessas? Leia as dicas abaixo:


1) Não fique dando bandeira, contando para toda a vizinhança e os empregados contratados (jardineiro, pintor, etc.) que seu cão é filho, bisneto, tataraneto de campeão e que custou uma fortuna; 2) Não permita que seu cão de companhia fique sozinho no jardim da frente de sua casa, onde qualquer um que passa na rua pode brincar e oferecer petiscos; 3) Mantenha os portões  e as portas de sua casa sempre trancados; 3) Microchip seu cão e faça questão que todos os dados do seu orelhudo sejam inseridos no banco de dados disponível na internet; (leia sobre isso aqui)
4) Faça a identificação genética do seu cão. Este é o meio mais seguro de identificar um cão – microchips podem ser removidos, a identidade genética NUNCA pode ser alterada.
 Identificação genética
5) Castre seu cão e faça questão que toda a vizinhança saiba que seu adorável cãozinho é castrado e que não pode reproduzir.
Já dizia minha avó: “Melhor prevenir, que remediar.”
]]>

 

Clique na imagem e baixe o seu manual gratuitamente

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This