fbpx

reação anafilática do Leo à vacina que tomou e, mais ainda, depois deste episódio, tenho me interessado e aprofundado meus estudos sobre vacinas e vacinoses. Trocando figurinhas com a minha amiga Sílvia, ela me disse que sua goldenzinha, a Sarabi, apresentou um quadro de coceira após a aplicação da V8 (vacina contra parvo, cinomose, adeno, parainfluenza, hepatite, corona e lepto). E adivinhem o quê?
Fizemos a V8 nos Adoráveis no dia 17/01.
No dia 18/01, o Raja, a Mimi e a Kaká já estavam se coçando também. E, não queriam se coçar no local de aplicação da vacina, a coceira era generalizada.
A princípio, eu fiquei preocupada, porque não relacionei o coceira com a vacina.
No dia 19/01, a coceira deles permaneceu. Mas, no dia seguinte, 20/01, sumiu como mágica. Segundo meus estudos e discussões com veterinários experts no assunto, a porção da vacina para LEPTOSPIROSE é a responsável pelo maior número de reações vacinais.
Mas, do ponto de vista epidemiológico, cães que residem na cidade, não precisam ser vacinados para lepto – mesmo porque, essa vacina imuniza por apenas 6 meses.]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This