fbpx

Há alguns meses estou em investindo em  projeto profissional que está absorvendo grande parte do meu tempo. E, adivinhem quem não está gostando disso? O BAMBAM! Quem tem frenchies sabe que eles são carentes emocionais natos e tendem a criar vínculos psicológicos fortíssimos com seus humanos de estimação. Pois agora, nossa tarefa é trabalhar a independência do Bambam, porque é pouco saudável desestabilizar quando seu objeto de amor não está próximo (em uma casa cheia de gente)! Uma das maneiras que ele encontrou de protestar a diminuição da minha atenção é através dos seus xixis. Nosso rapaz, que desde os 3 meses de idade, só faz xixi no lugar certo, cismou com alguns pontos da casa (os pés da minha cama, inclusive). Esperávamos este tipo de atitude de alguma das meninas – as fêmeas são sempre mais xiliquentas e adoram protestar xixizando pela casa.  Se você tem um cão que está passando por questões semelhantes às do Bambam, a minha sugestão é a seguinte:

  1. Identifique a causa da alteração do comportamento e trabalhe nela;
  2. Se for possível, impeça o acesso do cão aos locais inadequados onde ele está fazendo xixi  (por exemplo: a porta do meu quarto está ficando fechada!) – essa medida vai impedir que você se aborreça!
  3. Nos lugares onde não é possível impôr uma barreira física, coloque uma vasilha de água – seu au-au não fará xixi na água que bebe, nem em suas proximidades. É melhor ignorar o xixi no lugar errado;
  4. Elogie, faça festa, cante parabéns, recompense com petiscos sempre que seu cão fizer xixi no lugar certo! Isso é importantíssimo!!! Seu cão quer sua atenção.

Fonte: French Bulldog Rule
Seja persistente, tenha paciência e seja consistente nas suas atitudes. Vai dar certo!

]]>

 

Vamos organizar, de uma vez por todas, a vida do seu cãozinho?

CLIQUE NA IMAGEM E BAIXE GRATUITAMENTE A SUA AGENDA DO PET!

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO PARTICIPAR

Quer participar do nosso grupo exclusivo? Cadastre-se gratuitamente!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This