fbpx

Muitas, mas muitas, muitas pessoas mesmo questionam a minha forma “diferente” de criar cães.
Por “diferente” define-se: só encaminhar filhotes castrados ou com obrigatoriedade de castração a proprietários criteriosamente selecionados.
Os motivos que me motivam são fartamente comentados neste blog. Mas, se você está chegando aqui hoje e não tem ideia das minhas justificativas, ler este texto vai ajudar a clarear um pouco.
Em geral, o que escuto é que não conseguirei resolver o problema da superpopulação canina, dos criadores de fundo de quintal e do abandono canino com as minhas atitudes.
A minha resposta já está na ponta da língua: É verdade. Não sou a solução, mas também não contribuo com o problema!
Acredito que mudar o mundo, de uma vez só, é muito difícil, mas podemos transformá-lo, aos poucos, por meio de nossa mudança individual.
]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This