fbpx

Já falamos muito aqui no blog que as rações industrializadas não são alimentos completos e  também não são biologicamente apropriadas para cães.

Com uma frequência assustadora, pessoas recorrem a mim, muito preocupadas, porque seu cão está com diarreia ou outros quadros intestinais que não apresentam explicação – apesar dos vários exames feitos pelo veterinário.
Se não há causa explicável para os quadros intestinais, é óbvio concluir que o intestino está sendo lesado pela única coisa que passa por ali: comida. E, se isso acontece, é preciso mudar a qualidade da comida!
Outro dado assustador, é que nos EUA a maior causa de consultas veterinárias são as alergias (dados fornecidos pelos planos de saúde animal). O que será que está sendo a causa de alergia em tantos milhões de cães residentes em um país tão grande, que apresenta características geográficas tão distintas? O único fator em comum, entre todos esses cães, só pode ser o que eles comem – 90% dos pets americanos são alimentados com ração industrializada.
Rações do grupo Purina: Beneful, Pro Plan, 
Dog Chow, Alpo, Deli Dog,  Kanina, Revena

Quando descobrem que milhares de cães morreram intoxicados por causa de uma ração, outros milhões estão sofrendo envenenamento crônico enquanto seus donos nem suspeitam a real causa dos problemas de saúde deles.
Leia a reportagem da Revista Exame que fala sobre rações envenenadas: 
Receba os posts por email: Delivered by FeedBurner
siga-nos: 
]]>

 

SAIBA TUDO SOBRE OS BULDOGUES FRANCESES!

Clique na imagem e baixe o seu Manual.

 

Receba novidades e conteúdos exclusivos!

QUERO SER VIP

Quer participar do nosso grupo VIP? Cadastre-se!

NÓS APOIAMOS

CAMILLI CHAMONE

Pós-graduada em Genética e Biologia Molecular. Foi professora universitária federal de Biologia Celular e Genética. Criou buldogues franceses. Foi membro efetivo do Conselho Disciplinar do Kennel Clube de Belo Horizonte. Foi Diretora da Federação Mineira de Cinofilia. É editora do "Seu Buldogue Francês", o maior blog do mundo sobre buldogues franceses, e de todas as mídias sociais que levam esse nome. É palestrante e consultora sobre bem-estar e comportamento canino. Além disso tudo, é perdida e irremediavelmente apaixonada por frenchies.

SIGA O SEU BULDOGUE FRANCÊS NAS REDES SOCIAIS

E-mail

seubuldoguefrances@gmail.com

POSTS DO INSTAGRAM

Pin It on Pinterest

Share This